News

Tendências e Tecnologias

Jamaican Black Castor Oil

30/07/2019

 

jamaican-black-castor-oil.jpg

 

Patrimônio Cultural da Jamaica

jamaican-black-castor-oil.jpg O óleo de mamona faz parte do patrimônio cultural da Jamaica desde a escravidão. As sementes entraram na ilha diretamente da África Ocidental durante o comércio de escravos e floresceram em toda a ilha.

Esse óleo exótico ganhou destaque em meados do século XIX, quando foi produzido pelo governo colonial e enviado para a Inglaterra para uso médico.

A maioria das variedades de sementes silvestres que são chamadas “jamaicanas” são do estoque original e de sementes introduzidas do Egito e da Flórida na década de 1960.

Jamaican Black Castor Oil é feito a partir desta variedade selvagem de sementes que cresce em todos os tipos de solo desde as montanhas até o litoral. São usadas sementes de coletores e pequenos agricultores da Jamaica.

Jamaican Black Castor Oil é tradicionalmente usado em toda a ilha em diversos remédios de uso popular, tem uma cor que varia de castanho dourado a castanho escuro e possui um odor característico de nozes. Os grãos são torrados, o bagaço é prensado e fervido usando o método tradicional jamaicano.

 

 

 

 

Jamaican Black Castor Oil tem sua aplicação consagrada em pele e cabelo

Para a pele:

jamaican-black-castor-oil.jpg jamaican-black-castor-oil.jpg

-Queratoses
-Dermatites
-Cicatrização de feridas
-Hidratante
-Antibacteriano
-Antifúngico
-Antiviral

 

 

Para o cabelo:

jamaican-black-castor-oil.jpg

-Crescimento de fios fortes, mais grossos e alinhados
-Fortalecimento da raiz através da melhora da circulação sanguínea
-Condicionantes
-Promoção brilho natural
-Prevenção de pontas duplas
-Hidratação dos fios e couro
-Equilíbrio do pH do couro cabeludo
-Coadjuvante no controle de infecções como a caspa
-Indicado para todos os tipos de cabelo.